Como montar um estúdio de gravação em casa

Como montar um estúdio de gravação em casa

Criar e produzir a vossa música a partir de casa nunca foi tão fácil e acessível. Existem imensas ferramentas para poderem montar o vosso próprio estúdio de gravação áudio sem gastar uma fortuna.

Descubram que equipamentos essenciais precisam para se lançarem como produtores, músicos independente, ou mesmo como locutores de voz off / voice over ou de rádio, vloggers ou podcasters. Façam música a sério ou como passatempo, as possibilidades de criação são enormes com um pequeno investimento. Vamos à lista.

Computador

Este é a única peça de equipamento que o Salão Musical de Lisboa não vende, mas podem usar o vosso computador de casa, desde que cumpra com as exigências técnicas dos programas de edição musical.

Para quem quer levar o seu estúdio a sério, recomendamos que usem um computador que seja só para produzir áudio, e até podem montar um de raíz. O que importa é que tenha as melhores especificações para processar áudio em tempo real. Este é o equipamento mais caro deste conjunto, e vale a pena investigarem um bocado para poderem aproveitar o que já têm em casa ou para fazer um investimento seguro.

Este vídeo explica o que é exigido a um computador para produção áudio.

Recomendamos também dois monitores, e de grandes dimensões. Pode não parecer importante agora, mas irão agradecer esta dica depois.

Interface de áudio

O interface de áudio é o elemento essencial da nossa receita para um estúdio caseiro, ou para qualquer estúdio digital. O interface de áudio funciona como uma placa de som externa com canais diferenciados a que podem ligar microfones e instrumentos, e monitorizar o som que sai do programa de produção áudio.

As versões mais simples têm duas entradas, para poderem gravar guitarra e voz em dois canais separados, por exemplo. Estes modelos são os mais comuns em estúdios caseiros e excelentes para quem está a começar.

O Roland Rubix22 é um interface áudio com todas as características para poderem captar um som com qualidade profissional, a um preço muito competitivo. É fácil de usar e basta só ligá-lo ao computador por USB para começarem a produzir a vossa música. Traz incluído o popular programa de produção musical Ableton Live Lite. Fornece ainda alimentação phantom power para microfones de condensador.

DAW

Agora que conseguem mandar som para o vosso computador, precisam de um programa que o grave e possam editar. Como dissemos, a Roland Rubix22 traz o Ableton Live Lite, um programa poderosíssimo e gratuito que permite gravação multipista, actuação em tempo real e que ainda suporta instrumentos virtuais.

Leiam “Os melhores programas de edição áudio profissionais e grátis”

Podem também adicionar plugins de produção, samples e instrumentos, e aumentar as escolhas na vossa produção musical. O Bedroom Producers Blog é uma página que está sempre a partilhar as últimas novidades em plugins e sons gratuitos, pelo que podem facilmente criar uma coleção vasta, sem fazer mossa no orçamento.

Colunas e Headphones

Para ouvir as vossas criações com qualidade precisam de colunas e headphones que forneçam fidelidade. Se estão a produzir numa divisão pequena, não precisam de muita potência.

Os headphones devem ser o mais neutros possível ou seja, não devem ter um tom próprio. A maioria dos headphones de consumidor compensam algumas frequências, normalmente as mais graves, dando uma ideia errada do som real.

Os monitores de estúdio Yamaha HS5 são perfeitos para salas de pequenas dimensões e os auscultadores Audio-Technica ATH-M20x são reconhecidos pelo conforto, qualidade de construção e fidelidade sonora que fornecem, para monitorização e mistura, sendo perfeitos para usar no dia a dia.

Temos outras opções também de grande qualidade e vale a pena analisar todas as possibilidades, já que vão passar muito tempo com eles postos nas orelhas.

Microfones

Nos microfones, recomendamos que tenham dois, um de condensador e um dinâmico, pelo menos. A vossa escolha depende muito do querem captar: instrumentos acústicos, vozes para narração ou vozes para cantar. Com um de cada tipo podem ter maior versatilidade na hora de carregar no botãozinho vermelho.

Leiam “As diferenças entre microfones dinâmicos e de condensador”.

Entre os microfones dinâmicos, o Shure SM58 é um clássico para captação vocal e, nos de condensador, o AT2020 da Audio Technica é uma das opções com melhor relação qualidade/preço do mercado.

Vejam todos os microfones que temos no Salão Musical de Lisboa.

Instrumentos

Um bom estúdio tem diversos instrumentos ao dispor dos músicos. Não faz muito sentido terem equipamento de gravação se não tiverem nada para gravar. Se apostarem na versatilidade, podem adquirir instrumentos de diferentes tipos com qualidade e sem entrar em grandes despesas. Guitarras, baixos, ukuleles, instrumentos de sopro ou de arco, a vossa escolha depende do que sabem e querem tocar.

Imprescindíveis são os controladores MIDI, sejam em forma de teclado ou de pads. Para além de poderem ser usados para disparar samples, podem servir de interfaces para instrumentos virtuais, ligando-os por USB ao vosso computador.

Por exemplo, podem criar as vossas orquestrações sem terem que recorrer a uma orquestra (desde que tenham um plugin ou VST no vosso programa de edição áudio que simule uma). Não é bem a mesma coisa, mas a qualidade consegue ser muito realista.

Acessórios

Para ligar os microfones e os instrumentos à vossa placa de áudio precisam de cabos e é sempre bom ter mais do que um. Juntem um tripé para o vosso microfone e o vosso estúdio caseiro fica com um ar ainda mais profissional.

Para que possam ter os instrumentos arrumados e sempre à mão com segurança, um suporte para guitarra ou para todas as guitarras dá sempre jeito.

Basicamente, são estes os itens essenciais para montarem o vosso estúdio em casa.

Se estiveram a fazer as contas, irão ver que o investimento para adquirir o equipamento essencial não é assim tão elevado. E as vantagens são imensas: têm muito mais facilidade em registar e desenvolver as vossas ideias com qualidade, alargam as vossa competências técnicas e musicais, para além de passarem a ter total controle criativo no resultado final.

E é divertido. Gravar num estúdio a sério pode ser muito stressante porque é caro e envolve outras pessoas que nem sempre estão muito interessadas na nossa música. Em casa, estão confortáveis e podem, pelo menos. ambientar-se à lógica do processo de gravação, ao vosso ritmo e ao vosso gosto.

Se não percebem nada sobre o assunto, a Internet está cheia de recursos para aprenderem a gravar a vossa música com qualidade. Um dos melhores canais que conhecemos é o Produce Like a Pro, com Warren Huart, um produtor experiente e que tem imensos vídeos que explicam desde os conceitos fundamentais aos truques mais interessantes conseguirem obter o melhor som nas vossas gravações.

Esperamos ter ajudado. Agora que já sabem o que precisam, visitem a loja online do Salão Musical de Lisboa e façam a vossa encomenda. Boas gravações!

Publicado no dia 2020-05-22 por Salão Musical de Lisboa Atualidade 0 39

Deixar um comentárioDeixar uma resposta

Tem que ter a sessão iniciada para poder comentar este artigo.

Procurar no blog

Categorias do blog

Sem produtos

A ser calculado Portes de envio
0,00€ Total

Pagar